Compartilhe Nutrição Inteligente

Quais são os pontos que devem ser levantados quanto ao destino da produção e à  comercialização durante o planejamento do pomar?

As peras podem ser destinadas ao mercado de frutas frescas, tanto nacional quanto internacional. Como, no Brasil, as áreas que produzem peras são bem reduzidas, no momento o mercado nacional é a melhor opção.

Outra opção é destinar os frutos à fabricação de compotas e geleias. Assim, é importante o fruticultor definir para qual mercado deseja destinar sua produção no momento do planejamento do pomar, pois existem cultivares próprias para o mercado de fruta fresca, outras indicadas somente para processamento e ainda aquelas que possuem dupla finalidade, ou seja, tanto podem ser consumidas ao natural quanto processadas.

Que fatores devem ser considerados antes do plantio?

Primeiramente, devem ser observadas as vias de acesso à propriedade e ao pomar, incluindo as estradas vicinais. É importante que todos os acessos apresentem boas condições para o transporte dos frutos, pois a pera é uma fruta muito delicada e, assim, sujeita a danos durante o transporte.

Outro ponto a ser avaliado é a distância entre a propriedade e o centro consumidor. Áreas produtivas distantes do centro consumidor devem estar preparadas para o armazenamento da produção por um longo tempo, visando a menores gastos com transporte.

Também é importante diagnosticar a declividade do terreno, para, assim, delimitar os locais da área que poderão ser mecanizados, reduzindo-se, com essa medida, os custos de produção.

Recomenda-se, ainda, conhecer o perfil do solo, sua estrutura física e sua fertilidade natural. Para isso, antes do plantio, o produtor deve realizar análises físicas e químicas do solo, tanto na camada de 0 a 20 cm quanto nas camadas mais profundas (de 20 cm a 40 cm).

Existe alguma recomendação quanto à localização do
pomar na propriedade?

Sempre que possível, deve-se evitar áreas sujeitas a inundaçõesou que apresentem lençol freático muito superficial. Essas condições afetam a fixação das plantas, o desenvolvimento e a produção do pomar. Além da temperatura e da umidade relativa, o tempo de molhamento é decisivo no processo de infecção por patógenos.

Dessa forma, quanto mais rápido ocorrer a evaporação do orvalho,
menor será a chance de ocorrência de doenças.